Kung Fu – Louva a Deus

O inseto cuja aparência é a de maior devoto do mundo, tem que ser o Louva a Deus. Este inseto se tornou venerado, não por causa de sua aparente aura de religiosidade mas, por causa de sua reconhecida ferocidade, combatividade e tenacidade de vida. E, por tudo isso é que há trezentos e cinqüenta anos atrás o Mestre Wang Lang criou o estilo Louva Deus.
Wang Lang foi um lutador de espada de superior qualidade. Apesar disso sofreu inúmeras derrotas quando pôs sua habilidade a prova. Um dia, quando estava em baixo de uma árvore começou a observar um Louva Deus lutando por sua vida.
O Louva Deus, após vencer a batalha ainda consumiu sua vítima. Wang Lang, impressionado com o que havia observado, capturou o inseto vitorioso e começou a observar seus movimentos defensivos e ofensivos. Usando um graveto de pequeno comprimento ele cutucava e provocava o Louva Deus em todas as direções e o inseto se defendia. O perseverante inseto tornou-se sua inspiração para seu novo sistema de luta. Com um cuidado meticuloso Wang Lang ordenou os movimentos defensivos e ofensivos do inseto em uma arte de luta humana. Depois de sua preparação pessoal novamente Wang Lang testou seu novo estilo contra Mestres do Templo Shaolin e desta vez foi vitorioso.
A palavra de sua vitória se espalhou pelas províncias e Wang Lang foi considerado o novo herói das artes marciais. Sua escola do estilo Louva Deus se tornou extremamente proeminente no Nordeste da China, considerada por alguns como sendo a maior durante seu tempo de vida.